Semana Santa

Semana Santa

Esta é a principal semana para o católico, pois é um tempo forte de celebração dos mistérios mais intensos de nossa fé: a salvação que vem pela vida, paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. A Semana Santa tem início no Domingo de Ramos, e o sentido é preparar os fiéis para celebrarem a Páscoa do Senhor, mistério central da fé cristã, preparada pelas reflexões da Quaresma.

Nossa Paróquia Franciscana Nossa Senhora de Guadalupe preparou, com muito carinho, uma programação especial neste período da Semana Santa, que proporcionaria aos fiéis, momentos de reconciliação, oração, e adoração.
Em todas as comunidades paroquiais haveriam celebrações e atividades religiosas procurando proporcionar aos fiéis  experiências emocionantes.

Agora, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os católicos celebrarão a Semana Santa de uma forma atípica: de casa.

De portas fechadas, igrejas e fiéis ainda estão tentando se adaptar às recomendações das autoridades civis e eclesiais para permanecer em casa, com contato social restrito, para evitar a contaminação pelo coronavírus. Agora, os cultos e missas, têm a opção da transmissão pelas redes sociais. A nova rotina requer adaptação, tanto dos padres e pastores, acostumados a igrejas lotadas, quanto dos fiéis, que têm na religião um espaço de interação social. Tem sido um momento em que as pessoas estão buscando exercer o cristianismo de novas formas onde se vê muito acesa a chama da solidariedade. Está-se vivendo em quarentena, em nossas casas.

“Será uma Semana Santa incomum, mas no silêncio de nossas cidades, ressoará o Evangelho da Páscoa”, afirmou o Papa. Como cristãos procuramos manter a esperança de um tempo melhor, após o fim da pandemia deste novo coronavírus.

Jesus se faz presente em cada olhar, em cada passo percorrido e a comunidade católica se prostra diante Daquele que se doou para que tivéssemos nova oportunidade de vida, participando maciçamente das celebrações.

Esta paixão não é buscada pelo prazer de sofrer, mas para testemunhar a verdade em relação a Deus e em relação à pessoa humana. Foi isso que Jesus fez através de sua paixão.

É isso que se espera de cada discípulo seu: testemunhar a Deus, testemunhar a Jesus Cristo, testemunhar o valor da pessoa humana. Ele o realizará pela palavra, pela ação e, se necessário, pela paixão.

Nesta semana vivemos de modo especial a Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Vamos palmilhar este caminho de amor junto com o nosso Salvador…

E nossa paróquia se vê renovada com a participação de todos, testemunhando a esperança, a vivência na fé e o encontro com Jesus ressuscitado.
Na Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe terá todas as celebrações no site www.guadalupecba.org. ou nas páginas do facebook: www. Facebook.com/PNSGUADALUPECBA

Domingo de Ramos: Neste dia celebramos a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, onde culminará sua missão com a morte na cruz. Os textos bíblicos nos falam que muitas pessoas foram estendendo panos pelo chão e retirando ramos das árvores para aclamar o Rei, por isso nas nossas igrejas também vamos com ramos nas mãos. Hosana ao Filho de Davi. Deste modo, queremos exprimir que Jesus é o único mestre e Senhor da nossa história.

Quinta-Feira Santa: Neste dia celebramos a instituição da Eucaristia e do Sacerdócio. Recordamos também nesta celebração o novo mandamento do amor: “Eu vos dou um novo mandamento, que vos ameis uns aos outros assim como Eu vos amei.” Imbuídos deste espírito se dá o Lava-pés. Jesus serve, lava os pés de seus discípulos, e mostra que o Amor é o que nos une. Comungar do Corpo e Sangue de Cristo gera em nós um movimento de fraternidade, nos levando a uma plena vida evangélica.

Sexta-Feira Santa: O ápice da entrega total, Jesus morre na cruz. Expiação de nossos pecados. O amor pela humanidade e pelo projeto do Reino de Deus se fez dor, se fez morte. Nesse dia a Igreja pede o sacrifício do jejum e da abstinência de carne, como ato de homenagem e gratidão a Cristo, para ajudar-nos a viver mais intensamente esse mistério. À tarde nos reunimos para participar deste momento tão doloroso, onde vamos viver esta experiência de entrega junto com Jesus, pelas leituras do profeta Isaías, da carta aos Hebreus e da Leitura da Paixão e Morte de Cristo do evangelista João. Textos estes que nos aproximam do mistério que estamos celebrando desde Domingo de Ramos. Neste dia rezemos especialmente por todos os Cristãos que sofrem no mundo inteiro.

Sábado Santo: Neste dia, ainda estamos de “luto” junto ao sepulcro. Dia de oração e meditação nos mistérios da morte do Senhor, e ficamos na expectativa, na espera de sua ressurreição.

Nesta noite, Jesus Cristo vence a morte, Jesus Cristo vence o pecado! A igreja nos convida para a grande festa da vida. Nesta Solene Liturgia vamos percorrendo a história da salvação, passamos pelo Antigo Testamento e chegamos ao Novo, que é o próprio Cristo Ressuscitado, e vemos a ação de Deus na história de seu povo. Entoar o Aleluia nos dá a certeza de que Jesus continua a agir em nossas vidas, a morte que nos traz a vida, o sofrimento que traz alegria. Assim se cumpre plenamente o mandamento do amor que vimos na quinta-feira Santa. Amor-doação. Jesus é o Cordeiro Pascal. Aleluia Cristo Ressuscitou! Feliz Páscoa!