Qual a importância da Páscoa para o cristão?

Qual a importância da Páscoa para o cristão?

Semana Santa é uma tradição religiosa católica que celebra a Paixão, a Morte e a ressurreição de Jesus Cristo. Ela se inicia no Domingo de Ramos, que relembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e termina com a ressurreição de Jesus, que ocorre no Domingo de Páscoa, uma das festividades mais importantes para o cristianismo e símbolo da esperança e da vida nova em Cristo.

Durante os 40 dias que precedem a Semana Santa e a Páscoa – período conhecido como Quaresma – os cristãos se dedicam à penitência para lembrar os 40 dias passados por Jesus no deserto e os sofrimentos que ele suportou na cruz. A Páscoa é o encerramento da Semana Santa. As comemorações referentes, especificamente, à Páscoa começam na “Sexta Feira Santa”, onde é celebrada a crucificação de Jesus, “Sábado Santo”, tradicionalmente feito por meio da observação de um dia melancólico de reflexão, contemplando o mundo das trevas que existiria sem a esperança da ressurreição de Cristo, terminando no “Domingo de Páscoa”, que celebra a sua ressurreição e o primeiro aparecimento aos seus discípulos.

As festividades da Páscoa franciscana são como um momento no Monte Tabor, onde cada fiel cristão deve meditar os episódios da vida do Senhor e os seus ensinamentos para termos  nova primavera a fortalecer-nos e para que toda a nossa vida possa transformar-se numa grande experiência pascal pela vivência do ideal franciscano de vida evangélica. Na madrugada do domingo de Páscoa a luz da ressurreição de Cristo brilha para toda a humanidade, brilha na Igreja, nas famílias que formam a Igreja, na vida de todas as pessoas indistintamente.

Feliz e santa Páscoa a todos os paroquianos!

“No primeiro dia da semana…”
O Senhor Ressuscitou aleluia!
Uma feliz e abençoada Páscoa para você e a todos de sua família.

A Campanha da Fraternidade

Celebrar a Páscoa e viver as verdades que a Campanha da Fraternidade nos propõe.

 Campanha da Fraternidade é uma campanha realizada anualmente pela Igreja Católica, sempre no período determinado para a Quaresma. Seu objetivo é despertar a solidariedade dos seus fiéis e da sociedade em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira, buscando caminhos de solução. A cada ano é escolhido um tema, que define a realidade concreta a ser transformada, e um lema, que explicita em que direção se busca a transformação. A campanha é coordenada pela CNBB – Confederação Nacional dos Bispos do Brasil.

O tema Campanha da Fraternidade (CF) de 2018 é “Fraternidade e superação da violência”, tendo como lema “Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8)” , tendo em vista que entende-se por violência qualquer ação contra a vida ou a sociedade que possa causá-las prejuízo ou destruí-las por completo. A Escritura conhece duas formas de violência: uma injusta (fruto da injustiça dos homens) e outra “justa” utilizada por uma causa justa ou por fim nobre como é o caso da legítima defesa.